Fazendo massa na mão – tagliarini e lasanha

Bem, postei anteriormente nosso dia de mamma! Mas a massa foi cortada na máquina de macarrão e ravioli. Aí me perguntaram- e quem não tem máquina? Pois bem, tem razão. Então vamos dar uma ajudinha.Vamos dar uma dica para quem quer abrir a massa à mão.

A receita da massa você encontra aqui: https://wordpress.com/read/post/feed/35275385/858824072

  • A massa aberta a mão é mais grossa que a aberta a máquina.
  • Separe a massa em duas partes, pra ficar mais fácil de manusear. Cubra a parte que você vai trabalhar mais tarde, com uma tigela virada ou com um pano úmido.
  • Com um rolo achate a outra e forme um círculo. Abra as extremidades da massa, o máximo possível, do meio para fora. Gire a massa 45º e repita 7 vezes até obter uma folha redonda e fina.
  • Quando estiver fina como papel, pendure a massa num cabo de vassoura limpo e enfarinhado.
  • Repita com a outra massa.
  • Deixe descansar por 15 minutos.

IMG_2501 (1)

(imagens tiradas do livro- Todas as técnicas culinárias- Le Cordon Bleu)

Para tagliarini

  • Depois, com cuidado enrole cada uma das partes da massa, como um cilindro. Se a massa estiver grudando, coloque um pouco de semolina.
  • Corte o cilindro em tiras diagonais de cerca de 10mm de largura.
  • Desenrole as tiras e seque-as penduradas no cabo de vassoura, ou sobre uma toalha enfarinhada.
  • Deixe secar de 1 a 2 horas.
  • Pronto, agora é com você! O molho é por sua conta.

Para lasanha

  • Depois de aberta e de deixar descansar por 15 minutos, corte a massa em retângulos ou quadrados.
  • Ponha os retângulos ou quadrados de lasanha lado a lado sobre uma toalha enfarinhada.
  • Cubra com outra toalha enfarinhada.
  • Deixe secar de 1 a 2 horas.
  • Quando for montar sua lasanha lembre-se que é preciso bastante molho para assar.

Espero que tenham gostado

Comente se foi útil, ok?

Beijo

Que horas ela volta?

Fomos assistir o filme “Que horas ela volta“, com a Regina Casé. Adorei. Ela está super bem no filme e, eles conseguiram retratar a rotina de uma casa sem ser maçante. As cenas nos fazem  lembrar de momentos que já vivemos com filhos e empregadas, com muita sensibilidade e humor. Vale a pena assistir e refletir.

Fica a dica!

E se você quiser cozinhar usando ovo – Será que ele tá bom?

Bem, ovos são essenciais numa cozinha. São fontes de proteínas e baixo valor calórico( a não ser o frito, né?).Além de baratos, podem substituir a carne numa refeição. Você pode fazer ovos mexidos no café da manhã, ovos cozidos como salada ou acompanhamento, omelete e, frito misturado com arroz ou pão – uma delícia bem calórica!  E ele ainda faz parte de muitas receitas de bolo, massas e pães.

Mas você sabe testar se um ovo está fresco ou velho, até mesmo estragado, antes de abri-lo?

Primeiro cheque a data de validade. Se não houver data, faça o teste colocando o ovo em copo de água. Quanto mais velho, mais leve é o ovo, pois perde água através da casca, aumentando a bolsa de ar. É prático e rápido!

Resultado de imagem para testar ovo na agua

Depois do teste é só usar. Lembre-se de descartar o ovo estragado num saco plástico bem amarrado, dentro do lixo. Se você quiser jogar pelo ralo da pia prepare-se para sentir um cheiro horrível……

Brincadeira de Halloween

IMG_2442Como todos sabem, dia 31 de outubro foi Festa de Halloween. Uma tradição dos países de lingua inglesa, que tem sido comemorada aqui no Brasil também. Maiores dicas acesse o link :http://culturainglesa-sc.com.br/como-surgiu-o-halloween/

Fomos comemorar com o Chico(meu sobrinho) numa confeitaria, no final da tarde. Mas apesar dele estar vestido de preto, e nós também, e comendo uns doces deliciosos, pra ele não valeu. Ele queria uma festa de Halloween, que combinasse mais com seus 8 anos. Não tínhamos preparado nada para a data e, no dia seguinte meus irmãos me pediram que fizesse ossobuco com polenta, pois estava frio e há tempos que não comiam. Marina, Julia e eu, chegamos em casa à noite e começamos a procurar alguma coisa que pudesse enfeitar e adoçar o Dia das Bruxas, mesmo que atrasado. Aí conseguimos juntar algumas ideias com coisas que tínhamos aqui em casa. Julia ficou encarregada de preparar os doces, Marina e eu de decorar e preparar o almoço. E deu tudo certo!

Receita de Dedo de Bruxa

Receita copiada do site: http://www.icouldkillfordessert.com.br/receitas/biscoito/dedos-de-bruxa-receita-de-halloween/

Ingredientes

  • 100 gramas de manteiga gelada
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 3/4 de xícara de açúcar
  • 1 ovo
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 1 colher (café) rasa de fermento em pó-químico
  • 30 amêndoas inteiras para as unhas
  • Cobertura de sorvete sabor morango para o sangue

Modo de preparo

Aqueça o forno a 180 º. Misture  a farinha de trigo peneirada, o fermento, a manteiga, o açúcar e as essências até que forme uma farofa. Melhor se for com as mãos.

Acrescente o ovo e amasse bem até unir tudo. Caso grude nas mãos, acrescente um pouco mais de farinha de trigo.

Cubra e deixe descansar na geladeira de 15 a 30 minutos.

Pegue pequenas porções da massa e role em uma superfície lisa até que forme um tubinho de massa de aproximadamente 1 cm de espessura por 8 a 10 cm de comprimento.

Com dois dedos, pressione o tubinho de massa para que forme as juntas do dedo da bruxa (veja na imagem) arrume para que não fique muito achatado.

Com uma faca faça pequenos cortes nas partes mais altas para simular as dobras do dedo.

Para a unha, coloque uma amêndoa em uma das pontas, pressionado um pouco para fixar.

Leve para assar em assadeira untada e enfarinhada ou forrada somente com papel manteiga.

DICA: Deixe um espaço de 3 cm entre um e outro, pois a massa cresce um pouco no forno, por isso não faça os dedos muito grossos para que não fique artificial.

Asse até que doure. Leva aproximadamente 20 a 30 minutos, depende do forno.

Espere que os biscoitos esfriem para decorar com a cobertura de morango. Para isso, retire a amêndoa (unha), coloque um pouco de cobertura e devolva a amêndoa no lugar. Você pode colocar cobertura na outra ponta do dedo ou sujar o dedo para deixar mais assustador.

Fica muito gostoso. Os meninos comeram todos!

IMG_2430

E olha como ficamos bonitos, hehehe……Beijo

IMG_2497

Torta de maçã sem glúten e sem lactose

Na sexta passada, Julia fez uma torta de maçã deliciosa! E sabem? A receita não contém glúten ou lactose. Ficou show!

É indicada para os celíacos e/ou intolerantes à lactose.

Você encontra mais receitas no site: http://www.lactosenao.com/receitas-sem-gluten-e-lactose/  

Vamos lá? Você pode fazer e provar sem medo! Ficou bem gostosa!

Ingredientes

  • 1 xícara de farinha de arroz – de preferência integral
  • 1 xícara de farinha de grão de bico ou de amaranto – caso não tenha pode ser mais 1 de arroz
  • 4 colheres de sopa de polvilho doce
  • 2 colheres de sopa de farinha de linhaça ou 1 de semente de chia – opcional, para agregar nutrientes
  • 2 colheres de chá rasas de açúcar demerara
  • 4 colheres de sopa de manteiga ghee
  • 2 ovos
  • água gelada
  • raspas de 1 limão – opcional, mas faz toda a diferença – colocamos limão siciliano

Recheio

  • 4 a 5 maçãs verdes – pode usar metade verde e metade fuji
  • 3 colheres de sopa de açúcar mascavo
  • 1 a 2 colheres de chá de canela em pó
  • suco de 1 limão
  • 3 colheres de sopa de água
  • 1 colher de manteiga ghee
  • um punhado de castanhas em pedaços – opcional

Modo de preparo

Massa:

Misture as farinhas e o açúcar em uma tigela.Acrescente  a manteiga ghee e misture bem. Você pode mexer com uma colher ou usar suas mãos. A massa fica parecendo uma farofa.

Bata levemente o ovo e adicione à mistura das farinhas e ghee, incorporando bem. Adicione as raspas de limão.

Se necessário adicione água gelada até dar o ponto – que deve ser de uma massa firme. Vá colocando às colheradas, assim fica mais fácil de controlar e não perder o ponto.

Faça uma bola com a massa, enrole em filme  plástico e leve à geladeira por 30 minutos.

Enquanto isso, faça seu recheio.

Recheio:

Descasque e corte as maçãs em pedaços pequenos não muito finos, se não quando cozinhar ela vai formar um purê, e o gostoso é sentir uns pedacinhos dela.

Em uma panela em fogo baixo,  coloque a manteiga e a maçã e o restante dos ingredientes e misture bem. Tampe e deixe cozinhar até a maçã ficar bem macia e ter formado uma calda cor caramelo, isso leva uns 15 a 20 minutos. Reserve.

Se quiser, quando estiver morna coloque as castanhas e misture.

Montagem:

Tire a massa da geladeira.

Forre sua bancada/mesa com papel filme e abra a massa. Se for fazer tortas individuais vá abrindo a massa de pouco em pouco e modelando ela nas forminhas. Caso faça uma torta média, abra a massa toda e forre sua assadeira – não precisa untar.

Coloque o recheio e tampe com tirinhas de massa formando um trançado.

Leve em forno pré-aquecido à 200 graus por uns 25-30 minutos ou até que fiquem levemente douradas.

Você pode servir quente com sorvete de creme sem lactose, ou servir fria que também fica muito boa!

Julia, obrigada! Você encontrou nesse site (acima) e a receita é boa mesmo! Valeu!

IMG_2461

Dia de Mamma!

No último sábado, meu irmão Rene, minha cunhada Vaneska e eu combinamos de fazer massa caseira. Vaneska e Fernando(meu marido) fizeram curso de chef de cozinha no Centro Europeu e, nos brindam sempre que possível com suas habilidades. Como temos máquinas de fazer massa caseira e forma de ravioli, foi só combinar o dia e o cardápio. Juntamos o que tínhamos no freezer e, algumas coisinhas tivemos que comprar para completar. Passamos uma tarde de mamma italiana, muito bacana. E conseguimos fazer umas receitas beeeem deliciosas!. Abaixo vou passar as instruções da massa e depois de alguns recheios.

Ingredientes

Massa fresca com ovos

  • 280 g de farinha de trigo especial
  • 120 g sêmola de grano duro
  • 4 ovos inteiros

Modo de preparo

Peneire as farinhas sobre uma superfície lisa ou uma vasilha onde você possa manipular. Quebre os ovos numa vasilha e os mexa com um garfo. Faça uma depressão no centro e coloque os ovos. Com o garfo vá mexendo de dentro para fora em movimentos circulares. Depois, amasse bem com as mãos até a massa ficar lisa. Deixe descansar por 15 minutos envolta em filme plástico.

Enquanto isso prepare a máquina para abrir a massa.1414466102-Massa-fresca

Comece com a máquina na posição 0 (mais grossa) e depois vá reduzindo até 4 ou 5, para tagliarini ou espaguete. Para ravioli passe a massa na posição 6.

Para tagliarini, deixe secar a massa pendurada. Utilizamos um varal de roupa, de chão. Limpamos antes e colocamos a massa pendurada sobre ele. Depois de 1 hora já estava quase seca. Parte dela nós deixamos sobre uma forma polvilhada com semolina.

IMG_2464IMG_2482IMG_2484

Para o ravioli

Fizemos alguns recheios, conforme abaixo. Mas você pode fazer a seu gosto, só não coloque o recheio com molho pois vai molhar a massa e abrir os raviolis.

Nossos recheios

  • peras picadinhas e puxadas na manteiga com queijo brie picado
  • abóbora assada com azeite e alecrim misturada com presunto de parma e
  • ragu de cordeiro

Coloque uma parte da massa lisa, inteira, sobre a forma de ravioli, coloque o recheio com cuidado e depois cubra com outra parte de massa. Firme com as mãos e passe o rolo para poder cortar os raviolis. Despeje em uma forma polvilhada com sêmola.

molde_ravioli_marcatoforma ravioli     forma ravioli 2     IMG_2472IMG_2479IMG_2470

Bem, depois é só cozinhar numa panela com água com um fio de azeite ou óleo, por 10 a 12 minutos. Prove um pedacinho para sentir se está ao dente ou mais mole, se preferir. E depois é só servir com molho de sua preferência.

O tagliarini depois de seco, pode ser acondicionado em sacos plásticos e guardado em local seco e fresco.

Os raviolis podem ser congelados, caso você não os utilize na hora.

Buon appetito!!!!

Dá um pouco de trabalho, mas o sabor é muito bom!

Pão Italiano

Aqui em casa somos amantes do pão italiano, antes do almoço, molhado no azeite de oliva ou temperado com pasta de alho e manteiga e levado ao forno, e para acompanhar caldos, saladas ou apenas uma taça de vinho.

Busquei nos livros e na internet receitas desse pão. Encontrei várias, mas acabei fazendo uma com a base de fermento natural que encontrei no “Cozinha do Tenso” (http://cozinhadotenso.blogspot.com.br/2010/12/o-verdadeiro-pao-italiano.html)

Tive um pouco de trabalho em preparar o fermento, não pela técnica, mas pelo tempo de espera.Demorou uma semana, mas valeu a pena. Já o estou utilizando há 3 semanas.

Vamos lá

Receita do fermento caseiro

  • Misturar 250g de farinha de trigo com 300ml de leite integral aproximadamente, até conseguir uma consistência de mingau. Feito isso tapar o recipiente e deixar repousar 5 dias em um lugar protegido do sol. Coloquei numa vasilha de plástico bem fechada, dentro do armário da dispensa
  • No quinto dia, misturar no fermentado mais 250g de farinha e água o necessário para dar ponto de massa (somente adicione água se a massa ficar dura)
  • Após 3 horas colocar mais 250g de farinha com aproximadamente 150ml de água.
  • Após 3 horas colocar 500g de farinha de trigo com aproximadamente 300ml de água. Esperar até o outro dia e ele está pronto para ser usado.

Não desanime, porque você só precisa fazer esse fermento uma única vez!! Isso mesmo, pois ele dura pra sempre!! Só precisa ser alimentado. E como se alimenta o fermento??

IMG_2413

Para começar a fazer o pão, pese 100g do seu fermento natural e misture com 200g de farinha de trigo e 120ml de água aproximadamente. Deixe repousar 40 minutos numa tigela coberta com um pano úmido.
Feito isso devolva 100g dessa massa para seu pote de fermento natural. Viu como se alimenta o fermento? Quando se faz o pão, parte da massa é colocada de volta para que os açúcares presentes no trigo sejam devorados belos bichinhos que você está cultivando. Caso passe muito tempo (mais de 10 dias)  sem fazer pão, eu aconselho misturar um pouco de trigo e água em ponto de massa e colocar dentro do pote, para que o fermento não morra.
Ingredientes do pão
  • 1 kg de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de sal
  • 1 tablete de fermento fresco (15 g)
  • 500 ml de água morna, aproximadamente
  • e a parte retirada do fermento caseiro, conforme explicado acima.

Modo de preparo

Misture os ingredientes numa vasilha, inicialmente com uma colher de pau e depois transfira para uma bancada enfarinhada e amasse com as mãos até a ficar macia.

Devolva para a vasilha, cubra com um pano e deixe a massa crescer por 40 minutos (se o tempo estiver frio, acenda o forno por 5 minutos e desligue. Coloque a vasilha com a massa coberta dentro do forno). Depois de crescer, corte a massa em 4 pedaços, modele os pães e os coloque nas formas untadas com óleo ou azeite.Deixe crescer,dentro do forno desligado até dobrar de tamanho. Então pincele, delicadamente, margarina ou manteiga derretida (não quentes) sobre os pães. Se tiver uma gilete faça um corte sobre eles e asse, em temperatura média (entre 160º e 180º) por 40 minutos, até a casca estar crocante e dourada. Retire do forno e espere uns 10 minutos antes de cortar, para que o sabor fique mais concentrado.

Bom apetite! Fica muito gostoso.

IMG_2407

Dia das Crianças! Dia de pirulito!

Dia das crianças! Se você quer comemorar sem gastar muito, o jeito é preparar em casa essa delícia! Hoje fizemos uma encomenda para atender a algumas crianças em comemoração ao dia delas, na segunda. Foram 150 pirulitos, que ficaram lindos e muito gostosos! 

Ingredientes

  • Biscoitos Maria (ou Bolacha)
  • Doce de leite em pasta
  • Chocolate em barra
  • Chocolate granulado colorido

Modo de preparo

Passe doce de leite numa bolacha, coloque o palito  e sobreponha a outra. Reserve. Quando todas estiverem prontas, pique o chocolate em barra e derreta em banho maria, tomando o cuidado de não queimar. Com cuidado, passe um pincel no chocolate e pinte os biscoitos. Passe imediatamente no chocolate granulado e deixe secar. Depois é só embalar usando a criatividade.

IMG_2347  IMG_2349  IMG_2345

Fica muito gostoso!!!!

Se quiserem encomendar é só entrar em contato conosco pelo telefone (41) 9191-1891, ou no e-mail minhacara.news@gmail.com. Podemos fazer para diversas ocasiões como festas infantis, brindes, maternidade, etc. 

IMG_2358

Beijos

Silvana e Julia

Organizando melhor os armários da cozinha

Hoje resolvi melhorar um pouco a organização de alguns armários da minha cozinha (tava uma bagunça).Quando nossa mudança chegou confesso que minha preocupação foi retirar as coisas da caixa e somente guardar nos armários, não tivemos muita preocupação com a organização…Abaixo coloquei as fotos do antes e depois. Procurei reunir os itens afins. Livros de receitas, copos e garrafas de água para fitness, forminhas de docinhos, sacos de confeitar, remédios, etc….
Também tinha muitos saquinhos de comida abertos na dispensa e aí substituí por potes retangulares, que permitem empilhamento, com a identificação do conteúdo.
 

Antes

IMG_2322     IMG_2323

 

Depois

     

 

Ficou melhor, né? pelo menos tá mais prático…hehehe

Beijo

 

Silvana

Bala de coco Delícia!

Encontrei no meio das caixas da nossa mudança de BH para Curitiba, um caderno antigo de receitas da minha sogra. Já sem a capa, com algumas folhas soltando, mas com aquelas receitinhas já testadas e aprovadíssimas! Nele tem receitas com as letras de diversas cozinheiras amigas, que gentilmente transcreviam para dona Aliete. Também tem receitas da minha cunhada Regina, que já faleceu, e era uma cozinheira de mão cheia! Adorei ter encontrado o caderninho. A partir dele, resolvi ir testando algumas receitas e, trocando ideia com minha cunhada Vaneska, ela sugeriu que eu tentasse fazer balas de coco. Confesso que já vi sendo feitas e achei que seria bem fácil…..Não foi bem assim. Precisei tentar 5 vezes, assisti alguns videos no youtube e recebi ajuda das filhas, marido, o irmão Rene e a Vaneska. Enfim, consegui chegar na textura e sabor das balas Delícia! Ainda preciso aperfeiçoar a aparência…

IMG_2317

Ingredientes

  • 200 ml de leite de coco Sococo
  • 200 ml de água
  • 1 kg de açúcar refinado
  • 2 colheres de margarina para untar uma superfície de granito ou mármore- que deve estar fria.

Modo de preparo

Coloque os ingredientes numa panela de alumínio (tem que ser).

Misture antes de levar ao fogo. Com um pincel e uma xícara de água, limpe com cuidado a mistura das laterais da panela. Ligue o fogo e não mexa mais para não açucarar. Deixe ferver por uns 20/25 minutos e então comece a testar o ponto. Com uma colher retire um pouco da calda e coloque numa xícara com água fria. A bala precisa ter uma liga, e ficar moldável.Se ainda não estiver, deixe mais um pouco e teste novamente.Você pode fazer uma bolinha e soltar sobre um prato, ela fará um barulho de vidro.

Passe margarina sobre o granito ou mármore. (Caso a superfície não esteja fria, coloque gelo num saco plástico e ponha sobre a pedra, antes)

Ao chegar no ponto de moldar, desligue o fogo e imediatamente despeje sobre a pedra untada, com cuidado. Não raspe a panela sobre a bancada, pois isso poderá açucarar o restante.Espere esfriar, por uns 10 minutos mais ou menos, e vá levantando ao redor da bala com a ajuda de uma espátula. Unte suas mãos e inicie o trabalho de esticar a bala. Isso que dará a textura e as ranhuras da lateral. Estique por uns 5 minutos. Faça rolinhos e corte com tesoura. Se quiser pode passar pelo coco ralado. Ela ficará branquinha depois de fria.Deixe esfriar por umas 4 horas, coberta por um pano limpo e leve.

 IMG_2327

Pronto!

Silvana

Cheesecake para adoçar seu final de semana

Estou sempre em busca de novas receitas para fazer pro meu pessoal. Adoro casa cheia de gente e mais ainda de apresentar novos prazeres à mesa. Às vezes dá muito certo, às vezes nem tanto, mas procuro observar o que pode ser melhorado na próxima tentativa. Aprendi a fazer esse cheesecake com calda de goiaba, que fica muito bom, mas aqui em casa fiz com calda de morango. Vamos à receita?

Ingredientes

Massa

  • 200 g de biscoito amanteigado ou maizena
  • 100 g de manteiga sem sal
  • 1 pitada de sal
  • (pode acrescentar castanhas ou aveia)

Creme

  • 1 kg de cream cheese (ou metade de cream cheese e metade de creme de leite sem soro)
  • 180 g de açúcar
  • 06 ovos
  • 2 favas de baunilha

Calda

  • 1 caixinha de morangos – escolha os mais bonitos para enfeitar
  • 1 xícara de açúcar
  • 1 xícara de água
  • 1 colher de café de noz moscada ralada
  • 1 cravo
  • 1 colher de chá de manteiga

Modo de preparo

Massa

Coloque os ingredientes da massa num processador ou liquidificador e triture, deixando ficar uma farinha grossa. Isso deixará mais crocante depois de assado. Forre o fundo de uma forma de aro removível. Reserve.

Creme

Bater o cream cheese com açúcar e acrescentar os ovos -TUDO EM TEMPERATURA AMBIENTE

Coloque as favas inteiras num prato e cubra com filme plástico. Leve ao microondas por 20″, para abrir mais fácil. Retire as sementes com a ponta de uma faca e misture ao creme. As cascas podem ser utilizadas para dar sabor a outros doces ou colocar no açúcar.

Se você quiser pode acrescentar frutas vermelhas na massa ou pedacinhos de goiabada. Quando colocar a goiabada passe os pedacinhos pela farinha de trigo antes, para evitar que eles afundem.

Assar na temperatura de 140º por 2 horas, aproximadamente.

Calda

Coloque os ingredientes numa panela e deixe reduzir até formar uma calda.

Depois de assado é só retirar, colocar num prato de bolo ou pudim  e cobrir com a calda. Decore com os morangos frescos.

IMG_2287

Hummmmm

Fica muito bom!!!!

Beijos

Silvana

Sobrou arroz? Vamos aproveitar e fazer um bolinho delicioso

Bem, na cozinha de todo dia às vezes temos sobras de arroz na geladeira. Costumo ir juntando num pote ou saquinho de congelamento e guardando no freezer. Quando tenho a quantidade de 2 xícaras ou mais, faço essa receitinha, que fica bem gostoso.

Ingredientes

  • 2 xícaras de sobras de arroz
  • 1 ovo
  • 1 colher de sobremesa de manteiga
  • 1 xícara de leite
  • 2 colheres de sopa de queijo minas
  • 1 colher de sobremesa de fermento químico
  • salsinha picada, sal e pimenta a gosto

IMG_2301

Modo de fazer

Coloque o arroz descongelado, o ovo, queijo, leite e a manteiga no liquidificador ou processador e vá batendo devagar, até misturar bem. No início moa aos poucos. Despeje o conteúdo num bowl ou bacia e acrescente o restante dos ingredientes. Se ficar muito mole, coloque 1 colher de amido de milho e 1 de farinha de trigo. O ponto é de enrolar. Se ficar muito duro coloque um pouquinho de leite. Você pode rechear com queijo picado.

Você pode fritar ou fazer na air fryer. Para fritar: coloque óleo numa panela pequena ou fritadeira, que seja suficiente para cobrir os bolinhos. Leve a panela ao fogo médio e espere a gordura esquentar bem.Se não quiser enrolar,utilize duas colheres para preparar o bolinho para fritura. Segure uma colher de sopa em cada mão, coloque um pouco de massa numa das colheres e com cuidado transfira para a outra colher, dando uma forma mais regular. Frite os bolinhos e sirva a seguir.

Se você preferir pode passar os bolinhos na clara batida em neve e depois na farinha de rosca.

Esses da foto eu fiz com as colheres, colocando direto na fritura.

Bom apetite!

Beijos

Silvana

Torta de banana com creme e suspiro da Gabriela

Gabriela e eu estudamos juntas na infância, lá pelo idos de 1975/1978….é, faz muito tempo! Aí, nos encontramos nas redes sociais e temos mantido contato. Minha amiga de riso fácil, de bem com a vida. Esses dias publicou uma foto dessa torta, feita por ela para agradar os sobrinhos e eu fiquei com água na boca. Pedi a receita e ela gentilmente me enviou. Vou compartilhar com vocês essa delícia!

Ingredientes

  • 10 bananas
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite
  • 1 colher de chá de baunilha
  • 1 litro de leite
  • 3 colheres de amido de milho(maizena)
  • 4 ovos
  • Açúcar a gosto (opcional)

torta de banana

Modo de preparo

Levar ao fogo o leite com o amido dissolvido (num pouquinho de leite), a baunilha, as gemas, leite condensado e o açúcar.

Mexer até virar um mingau espesso.

Desligar e acrescentar o creme de leite com o soro e reservar.

Em uma travessa colocar as bananas cortadas ao meio, forrando toda a travessa. Despejar o creme reservado por cima.

Em outro recipiente bater as claras em neve, adicionando aos poucos 16 colheres de açúcar (para ficar crocante), bater até formar um suspiro firme.

Colocar o suspiro sobre o creme e levar ao forno até dourar e ficar firme.

Tire do forno e deixe esfriar naturalmente, depois leve à geladeira.

Sirva gelado

IMG_2153

Tempo de preparo: 40 minutos

Rendimento: 10 porções

Deliciosa, heim?

Obrigada Tetê/Gabriela pela receita! Grande beijo

Quem fizer me conta aqui

Silvana

Pernil Vindaloo – um passeio a Goa

Hoje vou passar a receita do Pernil Vindaloo- uma receita da culinária de Goa, genuinamente indiana, com uma mistura da culinária portuguesa. Vindaloo vem da palavra vinadalho, pois é marinada em vinho, alho e especiarias. É a influência dos navegadores na culinária da Índia. Buscando na internet, achei uma sugestão de acrescentar leite de coco e ficou ótimo. 

Ingredientes

  • 800 gramas de pernil de porco desossado cortado em cubos(4 a 5 cm)
  • 3 colheres de azeite de oliva
  • 1 cebola inteira picada
  • 4 dentes de alho picadinhos
  • 2 folhas de louro
  • 1/2 copo de vinho
  • 2 colheres de sopa de tempero indiano ou : 1 colher de sopa de curry, 2 cravos da india, 1 colher chá gengibre, 1 colher de chá de cúrcuma, 1 colher de sopa de coentro fresco, 1 colher de grãos de pimenta do reino, 1 colher de sobremesa de páprica doce. Se preferir algo mais apimentado, pode colocar páprica picante em substituição à doce.
  • 100 ml de polpa de tomate
  • 50 ml de leite de coco
  • Cheiro verde a gosto
  • Sal a gosto

temperos

Modo de preparo

Tempere o pernil com as especiarias, sal e o vinho. Deixe marinar por, no mínimo, 1 hora. Depois, numa panela com azeite de oliva, sele os pedaços do pernil, tendo o cuidado de não deixar queimar e reserve numa travessa. Na mesma frigideira, acrescente a cebola e o alho e retorne com a carne. Acrescente um 2 copos de água e deixe cozinhar por aproximadamente 40 minutos, ou até a carne ficar macia.Se necessário coloque mais água e cozinhe em fogo brando. Coloque o tomate e deixe levantar fervura. Desligue a panela. Acrescente o leite de coco, o cheiro verde e coentro fresco. Acerte o sal, se necessário

.IMG_6600

É só servir acompanhado de arroz basmati ou branco.

basmati

Delicioso

Silvana

Festa Indiana – reunião de família

Todos os anos reunimos a família de meu marido em Itambacuri, para participar da festa da padroeira – Nossa Senhora dos Anjos. Já há alguns anos temos feito festas típicas de alguns países, quando nos divertimos muito no preparo, tanto das comidas como das roupas. Sempre procuramos informações sobre a história, costumes e comidas tradicionais. É um tagarelar sem fim da mulherada, com muitas ideias e pesquisas na internet. Depois nos reunimos para a compra dos tecidos, acessórios e objetos para decoração. Tudo feito em Itambacuri e numa cidade maior que fica há 30 km -Teófilo Otoni, onde o comércio é maior e com mais opções. Contamos com muita criatividade e cooperação, pois na hora do preparo dos alimentos e decoração, precisamos da ajuda de todos – inclusive dos homens. São momentos divertidos, com muita descontração e união. O resultado sempre é muito bom, pois o que mais conta é fazer em comum.

Já fizemos uma festa árabe, uma espanhola, uma italiana e nesse ano fizemos a Indiana. Fernando ( meu marido) baixou as músicas pela internet. Tirrena(primo) trouxe tecidos coloridos e montou a tenda. Gera(cunhado) providenciou as bebidas e o cantor ao vivo. Henrique(cunhado) acompanhou as finanças e ajudou na organização das mesas. Os moços – Ciro e Rafinha (sobrinho e filho) ficaram por conta do leva e traz. E as mulheres….essas ficaram com o resto.  Aline (cunhada) aprendeu a montar um sari e nos ajudou nas vestimentas. Neuza (cunhada) se encarregou de comprar mandalas e canetas e lápis de cor para que todas pudéssemos colorir e decorar as paredes. Fiquei encarregada do cardápio e coordenar o preparo e, todas, sem exceção, ajudaram na cozinha. Um verdadeiro trabalho de formiguinhas, durante o dia todo. Renata, Sarah, Aline, Catarina, Neuza, Anna Paula, Marina, Julia, Tia Santa, Márcia, Dona Aliete, as amigas Sayonara e Sofia (que vieram nos dar uma força na decoração)  as ajudantes Paixão e Edilene e eu.

IMG_2125                IMG_2127

O cardápio

Entrada

  • Bolinho de arroz com chutney de abacaxi e damasco
  • Torradas de pão com berinjela temperada

Saladas

  • Salada de legumes com molho de iogurte e hortelã

Prato principal

  • Arroz branco
  • Frango Indiano
  • Porco Vindaloo
  • Banana da terra à milanesa

Sobremesas

  • Arroz doce com especiarias
  • Besan Ladoo

IMG_6606IMG_6603IMG_6600

Todas as receitas serão postadas no blog, aos poucos. Já temos a do  frango indiano e do besan ladoo.

Festa animada com gente fina, elegante e sincera….

Beijo

Silvana

Besan Ladoo – Sorte e prosperidade

No preparo de uma festa indiana pesquisei as receitas mais tradicionais e encontrei o Besan Ladoo – um docinho que parece o nosso beijinho, feito de farinha de grão de bico (besan), com manteiga ghee(receita aqui) e especiarias. Nos retratos do Deus Ganesh há um pratinho com esses docinhos e, nas festas indianas o docinho é feito em homenagem a Ele. Nos casamentos o docinho é tradicional e vem com o desejo de sorte e prosperidade aos noivos.Também é indispensável no Festival das Luzes – Diwali.

ganesh

Ingredientes

  • 4 xícaras de farinha de grão-de-bico
  • 2 xícaras de ghee
  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 colher de sobremesa de cardamomo em pó
  • 2 xícaras de amendoim, amêndoas ou castanhas moídas

Modo de preparo

Se você não encontrar a farinha de grão-de-bico dará mais trabalho, pois será necessário deixar o grão-de-bico de molho no mínimo por  8 horas. Depois escorra e coloque numa assadeira e leve ao forno baixo por aproximadamente 1 hora. Verifique se está  torrado (o ponto parece do amendoim torrado). Passe no triturador e misture com os outros ingredientes. Se necessário acrescente um pouco de água para enrolar. Enrole os docinhos e passe na farinha de grão-de-bico moída, ou no açúcar cristal.

IMG_2101 - Cópia

Delicioso

Silvana